Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Nos EUA, governador Leite discute com o BID adesão do RS ao Profisco II

Publicação:

RS busca nova adesão ao programa de financiamento do BID para dar continuidade a avanços importantes na modernização do Estado.
RS busca nova adesão ao programa de financiamento do BID para dar continuidade a avanços importantes na modernização do Estado - Foto: Divulgação
Por SECOM

Após passar a quinta-feira (18/7) envolvido no curso de capacitação para gestores públicos, o governador Eduardo Leite participou, no final da tarde, também em Washington, nos Estados Unidos, de reunião com representantes do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

No encontro, na sede do banco, Leite reforçou o interesse do Rio Grande do Sul em aderir à segunda edição do Projeto de Fortalecimento da Gestão Fiscal (Profisco II) e pediu apoio para a ampliação do aplicativo Menor Preço Nota Gaúcha para outros Estados.

“Foi uma reunião bastante positiva, em primeiro lugar, porque pudemos apresentar o Estado e as medidas que estamos tomando e eles puderam conhecer melhor nossos processos de gestão. Segundo que a nossa relação está bastante adiantada e temos expectativa de receber uma missão do banco agora, em agosto. Por isso, saímos bastante otimistas de que vamos conseguir esses recursos”, afirmou o governador após o encontro.

O RS busca nova adesão ao programa de financiamento do BID para dar continuidade a avanços importantes que já ocorreram para a modernização de processos na Secretaria da Fazenda e de gestão fiscal, financeira e patrimonial em outros órgãos. Na primeira etapa, já concluída, foram investidos pelo BID US$ 60 milhões. No Profisco II, estão previstos mais US$ 60 milhões.

“O Profisco está em linha com as medidas que estão sendo propostas na nossa gestão, sendo um reforço para consolidar e acelerar as mudanças necessárias e para acompanhar os avanços tecnológicos. Se confirmado, esse novo apoio garantirá maior qualidade da administração tributária, e consequentemente, resultados positivos para a arrecadação, além de avanços para a gestão do gasto e do controle público”, afirmou o secretário da Fazenda, Marco Aurelio Cardoso.

Apoio para expandir app

Ainda durante o encontro no BID, o Estado buscou apoio da instituição para fortalecer o aplicativo Menor Preço Nota Gaúcha, para que, em parceria com a Companhia de Processamento de Dados do Estado do Rio Grande do Sul (Procergs), possa ser usado por outras unidades da federação.

Lançada em março deste ano no RS, a ferramenta permite que usuários encontrem o menor preço de um produto nos estabelecimentos participantes do programa Nota Fiscal Gaúcha (NFG).

“Da mesma forma que o RS inovou com a Nota Fiscal Eletrônica há alguns anos, num exemplo seguido por outras unidades da federação, temos grande expectativa de que o BID será parceiro do RS neste processo de inovação”, afirmou o secretário Marco Aurelio.

Ainda nesta quinta-feira (18/7), Leite terá uma reunião no Banco Mundial para oficializar o interesse do Estado em aderir ao Programa de Renovação e Fortalecimento da Gestão Pública (Pró-Gestão).

Curso nos EUA

Eduardo Leite faz parte de uma comitiva formada por diversos governadores e prefeitos que foram aos EUA para o International Program for Public Leaders, curso correalizado pela Comunitas e pela Leadership Academy for Development (LAD) – projeto do Center on Democracy, Development and the Rule of Law (CDDRL), da Universidade de Stanford, e elaborado em parceria com a Escola Johns Hopkins de Estudos Internacionais Avançados.

O intercâmbio envolve troca de experiências com especialistas de universidades renomadas mundialmente buscando a qualificação das políticas públicas em benefício do cidadão. O curso tem programação focada em inovação, desenvolvimento econômico, comunicação e outros temas importantes presentes na vida do gestor público.

Sem custo para os gestores convidados, o convite foi feito pela Comunitas, organização da sociedade civil que atua no apoio ao desenvolvimento de políticas públicas em todo o Brasil.

Texto: Vanessa Kannenberg
Edição: Marcelo Flach/Secom

Comentários

PROCERGS - Cia. de Processamento de Dados do Estado do Rio Grande do Sul